Envie seu whats:
(54) 99673-0977


BRASIL

Vendas de veículos no Brasil aumentam 13,2% em março na comparação com fevereiroVendas de veículos no Brasil aumentam 13,2% em março na comparação com fevereiro

Compartilhe:
Publicado em 06/04/2021, Por Jornal O Sul

As vendas de veículos novos no Brasil cresceram 13,2% na passagem de fevereiro para março, apesar do fechamento de concessionárias em mercados importantes, incluindo o maior do País (São Paulo), por conta do endurecimento das restrições no combate à pandemia.

Na comparação com março de 2020, quando a economia começou a sentir os primeiros impactos da pandemia, o crescimento foi de 15,8%, segundo levantamento divulgado na manhã desta terça-feira (06) pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de automóveis. No total, 189,4 mil unidades foram emplacadas em março, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Desde o início da crise sanitária, foi a primeira vez que as vendas subiram na comparação com o mesmo período do ano anterior. A última vez que isso ocorreu foi em fevereiro do ano passado, quando 201 mil veículos foram licenciados no País, com leve alta de 1,2% no comparativo interanual.

Apesar disso, o primeiro trimestre terminou com 527,9 mil veículos vendidos, 5,4% abaixo de 2020. O desempenho não foi pior em razão do crescimento de 27,6% das vendas de caminhões, cuja demanda é puxada pelo transporte da safra agrícola.

Nos três primeiros meses de 2021, a Fiat liderou as vendas de carros de passeio e utilitários leves, representando 20,6% do total. Na sequência, aparecem Volkswagen (17,3%), General Motors (15%) e Hyundai (9,5%). A oferta de veículos continua limitada pelas paradas de produção causadas pela falta de peças, em especial componentes eletrônicos, e também pelo agravamento da pandemia, que paralisou a maioria das montadoras na semana passada.

Motos

Já as vendas de motos novas tiveram no mês passado alta de 8,5% frente a fevereiro, segundo levantamento da Fenabrave. Em relação a março de 2020, houve queda de 17,4% nas vendas de motos, que totalizaram 62,3 mil unidades no terceiro mês deste ano. Em março, a Honda, líder com grande folga deste mercado, respondeu por 69,4% das vendas totais. Na vice-liderança, a Yamaha teve 22,2% do total vendido no mês passado.

De janeiro a março, 205,6 mil motocicletas foram vendidas no Brasil, 16,8% a menos do que nos três primeiros meses do ano passado. As interrupções de produção em montadoras no polo industrial de Manaus, diante do colapso nos hospitais da região no início do ano, comprometeram o resultado, já que faltou moto nas concessionárias.

(FOTO: DIVULGAÇÃO/ ANFAVEA/ JORNAL O SUL)





Podcasts

Ver + ENTREVISTA Karen Fincatto | Secretária Municipal da Saúde
ENTREVISTA Egídio Loregian e Graciela Maito | Presidente e assessora de marketing e comunicação da Cooperativa Majestade
Programa Pílulas de Felicidade | com Maria Adelaide Programa dia 14 de Abril