Envie seu whats:
(54) 99673-0977


ESPORTES

Região de Passo Fundo segue em bandeira vermelhaRegião de Passo Fundo segue em bandeira vermelha

Compartilhe:
Publicado em 18/08/2020, Por Correio do Povo

O governador Eduardo Leite divulgou ontem, segunda-feira, que 14 regiões ficarão com a bandeira vermelha na 15ª rodada do Distanciamento Controlado. São elas: Porto Alegre, Palmeiras das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo e Canoas, que permanecem com classificação de alto risco para coronavírus, e Uruguaiana, Guaíba, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí e Santa Rosa apresentaram aumento de contaminação nesta nova análise do governo estadual.

No mapa prévio, apresentado na sexta-feira passada, haviam 16 regiões consideradas áreas de alto risco de contágio com o coronavírus. O gabinete de crise aceitou os pedidos de reconsideração das regiões de Erechim e Caxias do Sul, que retornam para a bandeira laranja nesta semana, além dos municípios de Entre Ijuís, Cerro Largo, Salvador do Sul e Constantina que também apresentaram pleitos que foram deferidos.

As regiões da bandeira vermelha devem seguir maiores restrições para prevenir o contágio a partir da meia-noite desta terça-feira até o dia 24 de agosto.

As 14 regiões em bandeira vermelha agregam 315 municípios, com 8.253.152 habitantes, que representa 72,9% da população gaúcha. Dentre elas, 147 municípios, que possuem 786.793 habitantes (7% da população) poderão adotar medidas da bandeira laranja por não registrarem hospitalização e óbito por Covid-19 nos 14 dias anteriores à apuração. As cidades poderão adotar protocolos próprios para as atividades desde que mantenham atualizadas os respectivos sistemas de informações.

Nesta segunda-feira, o Rio Grande do Sul passou de 98 mil infectados pelo novo coronavírus. Desde março, ao menos 2.744 pessoas já morreram no Estado em razão da Covid-19. A taxa de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em geral no RS, na tarde de hoje, é de 80,9%. Destes, 36,2% são de pacientes com coronavírus e 11,9% de internados com a suspeita do vírus. Os demais 51,9% são de pacientes com outras doenças.





Podcasts

Ver + ENTREVISTA Rodinei Candeia | Procurador Estado do RS
ENTREVISTA Selvio Loregian | Corsan Sananduva
Programa Taliani Bona Gente Programa dia 19 de Junho